Quais os principais motivos para restrições de ar-condicionado em condomínios?

Quais os principais motivos para restrições de ar-condicionado em condomínios?

Categoria: Instalação de Ar Condicionado

19/02/2018 às 16:56

Existem diversas restrições para a instalação de ar-condicionado em condomínios. Muitos prédios, apesar de possuírem apartamentos mais abafados, sem muitas saídas de ventilação, continuam vetando a possibilidade dos moradores furarem as paredes do edifício para instalar o aparelho.

Principalmente, em regiões mais quentes e durante o verão, a grande maioria das pessoas costumam recorrer ao ar-condicionado para aliviar o forte calor que faz nas cidades brasileiras. Porém, geralmente boa parte dos novos edifícios já são planejados com climatização para compensar estes períodos do ano.

Mesmo assim, ainda existem muitos prédios novos e principalmente antigos que não possuem essa preparação e não autorizam a instalação de ar-condicionado. Existem alguns fatores que se combinam para que os condomínios proíbam aos condôminos de furarem paradas para colocar um aparelho de refrigeração.

Se você mora em apartamento, antes de comprar um ar-condicionado consulte o síndico do edifício para pedir uma liberação e saber se a convenção do prédio libera o uso do aparelho. Muitas vezes, desafiar essa ordem pode gerar uma multa pesada e muita dor de cabeça. Confira os principais motivos:

Fachada

Um dos principais fatores para as restrições na instalação de ar-condicionado em edifícios é a mudança na fachada do prédio. Neste caso, o aparelho acaba modificando a frente do prédio e pode prejudicar o visual frontal do edifício.

Por isso, a grande maioria dos condomínios proíbe a instalação de ar-condicionado em fachadas para não alterar a frente do prédio. Em alguns casos, esse tipo de proibição se estende também para as laterais do prédio.

Em alguns casos, as laterais são liberadas para a instalação dos aparelhos sem nenhum problema. Para modificar as regras, é preciso que todos os condôminos se organizem e façam uma modificação na convenção do condomínio para retirar essa imposição.

Confira também o que é um ar-condicionado mini split.

Sobrecarga de energia

A proibição neste caso atinge boa parte dos prédios mais antigos. Isso porque, edifícios com muito tempo de construção, como por exemplo, cerca de 20 a 30 anos de uso tem uma estrutura mais frágil.

Por isso, se torna um perigo ligar vários aparelhos de ar-condicionado, equipamentos que puxam bastante energia, em um único transformado, o que pode prejudicar todos os moradores, já que o uso do refrigerador deve enfraquecer a rede elétrica do prédio.

Gotejamento

Neste caso, os principais prejudicados são os vizinhos dos apartamentos mais baixos. A água que pinga do dreno do ar-condicionado pode atingir as janelas e sacadas dos apartamentos dos andares de baixo ao seu e podem além de prejudicar a residência, também incomodar e tirar o sono das pessoas.

O acúmulo de água no chão também pode prejudicar seus vizinhos, já que o chão fica escorregadio, o que pode levar a acidentes, principalmente de crianças e idosos.

Gostou? Confira mais dicas em nosso blog. A Split Refrigeração realiza a instalação de ar-condicionado piso teto e outros tipos de aparelho, faça já o seu orçamento com a gente!

Top